Lectio Diária: Eclo 4, 11-19.


A palavra de hoje mostra a sabedoria quase como uma pessoa, que você tem de conquistar, de sofrer suas exigências e aprender a confiar nela. Mas quem confia na sabedoria, muitas graças de Deus alcançará.

Quem procura a sabedoria se enche de alegria, pois ela responde aos nossos anseios e nos mostra como agir nas situações da vida. Quem não quer agir bem diante de um acontecimento, seja ele bom ou ruim? De fato é a sabedoria que nos indica o melhor modo de agir. Se um homem quer adentrar a vida de uma mulher, é a sabedoria que dirá como. Se os pais querem educar seus filhos, é a sabedoria que dirá o que fazer.

Servir à sabedoria é o mesmo que prestar um culto louvável a Deus. Por isso precisamos viver essa inteligencia prudente cada dia de nossas vidas, precisamos sempre trabalhar nossa inteligência para que ela cresça, mas nunca deixemos de lado a prudência, senão deixa de ser sabedoria.

Quem confia a receberá e as graças são tao abundante que até as futuras gerações receberão a sabedoria com que tenhamos confiado. Mas para alcançá-la, é preciso caminhar por caminhos tortuosos. Muitas vezes passamos por tribulações, mas Deus a permite exatamente para que alcancemos sabedoria e no fim das contas Deus nos conduz pelo caminho reto, nos alegrará e nos mostrará segredos, verdades que precisamos saber.

Mas como a sabedoria é comparada a uma pessoa, também não podemos nos desviar dela, senão seremos abandonados à toda "sorte" do mundo, e então sofreremos até o que não deveríamos sofrer. A sabedoria nos livra de muitos males e feliz é quem a tem.
0