Lectio Diária: Mc 16,15-18


O chamado de Jesus para os discípulos naquela época e para nós hoje é o de anunciar o Evangelho a toda criatura. Não é fácil fazer isso em um mundo tão descrente, tão afastado de Deus. Porém, muitos tem se convertido, muitos tem aberto os seus corações e, aceitando o Cristo em suas vidas, tendo suas vidas completamente transformadas. Mas afinal, o que é o Evangelho? O Evangelho é a vida de Jesus, são as suas ações, é a igreja que Ele instituiu sobre a terra.
Crer no evangelho é uma questão de fé, a princípio. Pois escutamos situações que aconteceram há cerca de dois mil anos. Mas depois que o novo cristão crê, sua fé irá salvá-lo, ou curá-lo, ou seja o que for que ele necessite. O próprio Cristo em muitas passagens afirmou o poder da fé, do quando as pessoas alcançavam milagres através da fé. É preciso crer para ver, e não ver para crer.
Também é preciso ter cuidado com aqueles que evangelizam hoje. De fato, muitos falsos anunciadores tem aparecido no mundo e nós fomos avisados na bíblia sobre esses lobos em peles de cordeiro. Pessoas que fazem tudo para usar a fé das pessoas como trampolim para se promover e ganhar muito dinheiro. Por isso Jesus põe um sinal naqueles que são os verdadeiros evangelizadores. Sinais que são nitidamente perceptíveis, como por exemplo o poder de expulsar demônios.
Além do mais, os evangelizadores são protegidos de todo tipo de mal que possa vir. Nem mesmo um veneno, nos conta a palavra de Deus, poderá derrubá-lo. Pois Deus precisa dele na terra para cumprir uma missão. Cada um tem uma missão sobre a terra e cada cristão, uma forma de evangelizar. Precisamos usar os nossos dons de alguma maneira e viver aquilo que Deus nos chama. Além de tais sinais e proteções, o evangelizador também curará, não pela própria força, mas pela força e poder de Deus todos os que impuserem as mãos. Impor as mãos não significa necessariamente o significado literal, ou seja, colocar a mão em alguém e essa pessoa fica curada como mágica. Impor as mãos significa também interceder pelo nosso irmão que passa alguma necessidade. Será que temos cumprido nosso papel de evangelizador e pedido pelas mazelas do mundo? Sejamos evangelizadores, sejamos intercessores.
0