Lectio Divina (Eclo 40,12-17): Misericórdia e Justiça


A lectio de hoje vem nos mostrar o quanto não vale a pena procurar bens mesquinhos.

Logo no primeiro versículo, podemos ver uma realidade de fé, que diz que todo bem mal adquirido perecerá. Mas a voa fé subsistirá eternamente. Ou seja, tudo o que adquirimos de maneira injusta, será destruído pela justiça eterna, e tudo o que é bom, ficará para a eternidade.

As riquezas dos injustos secarão tão rápido como uma trovoada, onde mal escutamos, e ela já não existe mais. De fato, podemos ver isso diante das corrupções que sofre nosso país. Os corruptos ganham dinheiro injusto, mas assim que descoberto, seu dinheiro é confiscado e volta para o tesouro nacional. Não adianta adquirir bens erroneamente achando que não vai acontecer nada, pois a consequência é pesada e, mais do que perder a liberdade do corpo, corre-se o risco imenso de perder a vida no Céu.

O que são prevaricadores? São aqueles que traem, por interesse ou má fé, os deveres do seu cargo ou ministério. A promessa divina é a de aniquilar estas pessoas. Me recordo do que Jesus falou em Mateus 25, 31-46, que os cabritos não cuidaram de Jesus no irmão e, portanto, perecerão no fogo eterno. Assim é com aqueles que roubam em altos cargos, pois tira de outras pessoas, fazendo-as perecer nesta terra.

No versículo 15 e 16, temos a alusão como a uma planta. Os ramos dos ímpios secará e cairá, não se multiplicará. Enquanto as raízes dos injustos é plantada no vento, não tem onde tirar sua sustentação. Não tem força para se multiplicar e crescer o que é injusto. Aquele que com muito sede se esbanja ilicitamente, acaba sendo arrastado pelas correntezas da própria riqueza a qual almejava, sendo arrancada antes de todas as ervas do campo.

Por fim, a palavra termina dizendo que a beneficência, ou seja, a prática de fazer o bem aos outros; é como um paraíso abençoado e a misericórdia permanecerá eternamente. Na palavra de hoje, claramente podemos ver que misericórdia e justiça anda de mãos dadas. A Justiça, que faz perecer aqueles que praticaram a maldade e a misericórdia, que da assistência aos que sofrem e aos que procuram a bem e tudo o que é correto.

Louvado seja o nome de Nosso Senhor Jesus Cristo, para sempre seja louvado.
Fé em atitude a todos!
0