Lectio Diária (Eclo 17,13-19): Nada escapa aos olhos de Deus.


Quem pode esconder-se de Deus? É verdade que algumas pessoas acham que suas obras estão escondidas diante do onisciente. Outros, por não acreditar Nele, pensam que escaparam desta verdade, como se a verdade dependesse da crença. De fato, Deus não precisa da nossa fé para que Ele exista. Ele simplesmente é.

Na época em que o autor sagrado escreveu, cada nação tinha seus chefes e reis, mas o Senhor havia escolhido o povo de Israel para adentrar neste mundo. Isso pode ter acontecido porque a crença deles mais se aproximava da verdade, embora não o fosse de todo. Cristo quando veio ao mundo veio dar pleno cumprimento à lei de Deus, que nem sequer era seguida verdadeiramente pelos judeus (c.f. Mateus 5, 17).

É muito fácil alguém na noite, na escuridão, esconder-se. Mas o Senhor é como o sol, que tudo ilumina e seus raios não deixam escapar nada. Mesmo quando está nublado, o dia ainda é claro. Assim é Deus e ninguém pode esconder suas condutas Dele.

Se todos tivessem tal conhecimento, tal ciência, seria nosso mundo um mundo melhor? Muitos praticam o mal porque acham que são melhores, porque acham que merecem mais, acham que o seu mal ficará impune e que ninguém observa o que está fazendo. Mas se temos a consciência de que Deus observa todas as nossas ações e não deixará quem sofre na mão, será que não pensaríamos duas vezes antes de praticar o mal contra estes?

Em contrapartida, o bem que fazemos é uma preciosidade diante de Deus. O autor agrado compara à pupila, que se bem observada, podemos ver tantos detalhes e adornos, uma beleza da criação.

O autor sagrado termina dizendo que no fim das contas, Deus nos dará segundo o que fizemos. Se foi o bem que praticamos, o bem receberemos. Caso contrário, o mal invadirá nossas vidas e, como Jesus disse algumas vezes, ali haverá choro e ranger de dentes. Mas quem se arrepende do mal, Deus dá a chance do retorno, pois sua misericórdia é infinita. Ele conforta os corações de quem não tem esperança, e da um renovo na vida daquele que esperam Nele.

Que possamos confiar em Deus e buscar sua misericórdia, arrependendo-se das nossas mazelas e buscando o retorno Nele, em Seu amor. Procuremos fazer o bem sem esperar retornos, pois o maior retorno é o que vem do alto.

Ação: confiar no Senhor mesmo diante da adversidade.
0