Lectio Diária (Eclo 16,24-30): A lei natural


Hoje a palavra de Deus nos faz um alerta para acolher os conselhos da sabedoria e buscar os preceitos que vem do Senhor. Além disso, nos faz pensar na criação e na lei natural, gerada por Deus para tudo o que existe.

A ciência existe tal qual porque é uma das criações de Deus. Tudo segue uma lei natural, até mesmo a gravidade. As leis da física, da matemática, da geografia; todas elas foram criadas pelo Senhor; pois à sua voz tudo se move (c.f. João 1, 1-3).

Nada faz o seu trabalho se não fosse a Lei de Deus, a Lei natural, que é totalmente deturpada por ideologias e mentiras deslavadas. Tudo o que foi feito por Deus foi colocado no seu devido lugar, mas existem pessoas que querem se fazer maiores do que Deus, que querem deturpar a lei divina.

O escritor sagrado deixa claro, inspirado pelo Espírito Santo, que a lei de Deus não se cansa e sempre está a trabalhar. Desde o início dos tempos até os tempos futuros e longínquos ela se perpetua.

As coisas de Deus são perfeitas. Suas leis não são como as leis humanas, que se chocam e se contradizem. A lei de Deus é perfeita, como uma bela pintura que segue seus traços e cada ponto se liga a outro ponto formando uma figura ímpar e maravilhosa. Essa é a criação e a nossa gratidão deve ir a Deus, que fez o céu e a terra e tudo o quanto existe. Que sejamos fiéis à essa lei. Louvado seja o nome de nosso Senhor Jesus Cristo, para sempre seja louvado.
0