Lectio Diária: Eclo 8,1-19


A palavra de hoje é um conjunto de lições para a vida, mostrando em situações concretas de como ser prudente. Viver tais ensinamentos é que se torna um desafio. Não é fácil deixar de confiar na primeira pessoa que aparentemente vai lhe fazer bem, sem antes prová-la.

Veja que não se pode se impor diante dos poderosos, pois os mesmos poderão nos tomar o que temos ou mesmo nossa vida. Não podemos nos impor, na realidade, contra qualquer coisa ou pessoa que seja maior do que nós. Antes de tudo, precisamos ser prudentes e entregar nossa situação Àquele que é maior que tudo. Entregar a Deus a nossa lida.

O escritor sagrado cita vários tipos de pessoas com quem devemos ter cuidado, a saber: a poderosa, a rica, a faladora, a ignorante, a pecadora que não quer conversão, a insolente, a credora maior que nós, a juíza, a aventureira, a violenta, a ingênua, a estranha. Todos estes tipos de pessoas devemos ter cuidado no proceder, pois podemos nos colocar em risco diante delas.

Além disso, no miolo da passagem, juntamente com o último versículo (5-9.19) o autor nos revela algumas práticas que podem nos ajudar a viver dignamente. São elas: não repreender a pessoa que se converteu do pecado, pois ela ainda está em processo e nós mesmos somos pecadores; não desprezar o homem velho, porque nós mesmo um dia poderemos envelhecer; não nos alegremos com a morte de ninguém, pois ninguém está livre da morte; não desprezemos os ensinamentos dos sábios, pois os mesmos poderão nos ajudar e nos salvar; não desprezemos os ensinamentos dos mais velhos, pois eles viveram mais do que nós e passaram, muitas vezes, pelo que já passamos. Tudo isso, se pensarmos um pouco, está ligada à lei da reciprocidade. Faça ao outro aquilo que gostaria que fizessem com você.
0