Lectio Diária: Eclo 3, 6-11


Na continuação da Lectio de ontem, vemos uma promessa muito clara de Deus, que dá vida longa a quem honra o seu pai. Mas aquele que é obediente a Deus dará alegria à sua mãe. Ou seja, fazer a vontade de Deus é dar gostos aos nossos pais, é fazer com que eles fiquem felizes com a nossa felicidade. Se nos sentimos bem com algo que deixa nossos pais infelizes, algo de errado tem nisso que buscamos e certamente não é vontade de Deus.

No versículo 7 mostra a profundidade do temor a Deus, da sabedoria eterna, da inteligência prudente. Um empregado faz tudo o que seu patrão lhe pede, e não resmunga mas faz todo o possível para conseguir. Ele tem medo de fazer bobagem e perder o emprego. Assim devemos tratar nossos pais, assim Deus nos pede para tratá-los. Como se fossem nossos patrões, obedecendo sem titubear e dando o nosso melhor.

Honrar nosso pai em atos e palavras é dizer que amamos eles, mas no corriqueiro do dia a dia, amá-los com o que podemos. Deus conhece os nossos limites e sabe que o nosso amor é limitado. Mas mesmo assim, devemos amar. Além disso, se queremos amar de uma maneira mais perfeita, busquemos viver momentos de oração com Deus, nos deixemos ser amados pelo Amor. Porque só quem está cheio de amor é que pode dar amor ao próximo. E nesse amor aos nossos pais, somos abençoados.

E essa benção dos nossos pais é que consolida nossas vidas e sonhos. Não importa o quanto lutamos para alcançar algo. Sem honrar nossos pais, a maldição que advém disso é triste e destrói os alicerces do que construímos. Mas a honra aos nossos pais constrói alicerces firmes que nunca serão destruídos. Se você quer construir algo duradouro em tua vida, honre os teus pais.

Ninguém consegue honra com a desonra do próprio pai, pois carregamos metade do que ele é, geneticamente falando. Além disso, carregamos o seu nome. A desonra do pai é a desonra da família inteira e os filhos não estão aquém disso. Mas o pai honrado consegue honra para a família. É lógico que a honra dos filhos aos pais traz grandes respeito sobre aqueles, e os de fora pensarão duas vezes antes de desrespeitá-los, pois estes pais terá filhos fiéis que os protegerão.

A glória do homem está na honra de seus pais. Todos os que vêem um filho que honra o seu pai e sua mãe, sabe como aquele filho tratará as pessoas, tratará esposa e filhos: tratará com dignidade. A mulher que honra seus pais trás docilidade para a própria família, para marido e filhos. É uma mulher que sabe cuidar na doença e se felicitar na saúde. Quem quer um dia se casar, deve antes aprender a honrar sua esposa honrando os próprios pais.
0