Depois da derrota...

Na vida ninguém é invencível. Chega aquele momento, olhamos pra baixo e sentimos, como um professor meu dizia, "os radicais livres" no coração.
Parece que as coisas desmoronam, e nós, em muitos casos, nos sentimos sem chão.
Muitas vezes isso vem na forma de uma perda. Nos sentimos derrotados pela perda da pessoa amada.
Ou mesmo um teste que não deu certo.
O que fazer? Existe uma fórmula para a vitória?
De certo modo, existe...
Acontece que nunca ouvi falar de ninguém que tenha vivido apenas derrotas na vida. Sempre há alguma vitória... Mas a questão é: porque nos concentramos tanto nas derrotas, e nos esquecemos de nos sentir bem pelas vitórias passadas?
Em certos momentos, nos percebemos na situação de viver derrota e vitória no mesmo dia. No final, para onde vamos olhar? O que vamos corrigir em nós? Ou o que vamos firmar, sem se deixar levar pelas manipulações egoística de certas pessoas, para que sejamos quem de verdade somos?
Com esses pensamos, não consigo imaginar uma vitória como acontecimento, mas como um estado de espírito. Quantos, depois de perderem alguém que amava, levantaram a cabeço e seguiram adiante? Quantos não foram despedidos de seus empregos, mas tiverem a coragem de buscar uma nova chance? Quantos devem até a meia dos pés e, mesmo assim, se sentem vitoriosos? Quantos não tem pés, e nem por isso desistem da vida?...
Meus amigos, a vitória está dada! O Pai Eterno a deu para nós, venceu a morte e nos mostrou até onde nossa humanidade pode ir. Unidos a Ele, O divino e o humano caminham juntos para uma vitória insondável pela nossa compreensão presente, mas que é melhor do que todas as derrotas e vitórias juntas que vivemos até hoje!

Abraço, galera! Fé em atitude pra vocês!
0