!Explodindo!

Aew galera, tudo beleza?
A paz de Cristo!

Hoje trazemos uma pequena reflexão: e quando explodimos? Quado chega aquela pessoa, e você ta naquele dia, ai de repente aquela pessoa fala o que não deveria falar, ai vem o momento clímax: você explode!

Será que não era possível ter feito diferente? Será que, fazendo um ato de gentileza, a pessoa que falou o que não deveria falar não ficaria, no mínimo, frustrada? (claro, uma frustração positiva, que vai levar o outro a crescer e refletir sobre suas ações)

Não é fácil ser paciente, mas, veja bem, se o amor é paciente, e amar é questão de escolha, não de simples sentimentalismo; será que ser paciente não é questão de escolha?

Não digo que escolhemos errar, digo que, no policiamento das nossas ações, existe a possibilidade de converter uma situação de raiva, chateação, em mansidão, brandura.
Ou será que estou errado?

Abraço, fé em atitude para vocês!
0