Repolho ou Rosa?

O repolho é uma planta que, a medida que cresce, vai fechando suas folhas. A rosa é um tipo que, crescendo, abre-se e exala seu perfume.

Muitas vezes nossas atitudes são como a do repolho: Ao termos conhecimento, nos fechamos dentro de nós mesmos e ficamos cheios de si, sem se importar com o que os outros pensam ou sentem. Esse tipo de atitude gera, para o ser que a vive, um egocentrismo que o impede completamente de fazer o que é certo. As vezes a pessoa está tão cheia de razão, que ela não aceita nada do que os outros digam ou ensinem (este é o repolho já em faze adulta).

Enquanto que a flor, ao receber, abre-se mais e mais para o mundo, adquirindo grande sabedoria para agir e fazer as coisas certas. Ela exala seu perfume, ou seja, libera ao mundo sua prática, conhecimento, sabedoria e até beleza. A flor é aquela pessoa que sabe até mesmo se calar, quando necessário.

O Pai nos deu um dos maiores de todos os dons: a Liberdade. Então façamos nossa escolha: Somos flores do jardim bonito da vida, ou repolhos que se fecham e só são abertos para serem devorados por nós mesmos?

P.S.: Este texto foi baseado numa homilia de um seminarista que escutei no semestre passado, antes da Paixão de Cristo. Demorei para posta-la porque não lembrava e aconteceram fatos no fim de semana que me fizeram recorda-la.
0