Moto


Certa vez fui fazer exame de sangue, creio que em 2007 ou 2008, junto com minha mãe e meus irmãos, então resolvi ir sozinho para casa, visto que fui o primeiro a terminar.

Comecei a andar pela calçada da avenida, observando cada bicicleta, cada carro, cada automóvel que passavam. Ao mesmo tempo, buscava uma chance de atravessa-la para assim pegar o ônibus que ia direto para minha casa, sem passar pelo terminal.

Foi ai que o sinal fechou, os carros pararam e comecei a atravessar. Logo, antes de chegar na metade da primeira faixa e do meio fio, senti dentro de mim que não deveria continuar andando. Ao mesmo tempo que "freei", olhei para minha esquerda e eis que uma moto passa bem diante dos meus olhos.

Termino de atravessar a rua, refletindo sobre o que acabará de acontecer. Chego na parada e finalmente consigo pegar o ônibus para meu lar.

Reflexão:
"Quanto ao homem, os seus dias são como a erva, como a flor do campo assim floresce, passando por ela o vento, logo se vai, e o seu lugar não será mais conhecido." (salmo 103, 15s)
"É melhor confiar no SENHOR do que confiar no homem."(Salmo 118, 8)
0