Primavera


A primavera vem chegando,
não há como negar...
Ao sentir o cheiro da chuva,
vejo o primor de um grande regar.

E as flores vão aparecendo,
não há como negar,
ao sentir o perfume primeiro,
do apaixonante tempo de amar.

Tempo de colher rosas,
de entregar-las sem remetente,
a doce esperada amada.

Tempo de colher abraços,
de aperta-los sem concorrente,
a doce amada esperada.
0